TOTAL DE VISUALIZAÇÕES

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A MARCHA PARA O OESTE - Cedar City - Honeyville

Cedar City (UT)   -   Honeyville (UT)
Como a experiencia de ontem,  pegar a estrada bem cedo pela manhã, foi bem sucedida, repetí a dose hoje tendo o cuidado de comprar um desjejum a base de yogurt, cereais e salada de frutas. A grande vantagem destes moteis pequenos é que eles tem freezer, micro-ondas e cafeteira além de fornecerem o pó de café. A recepção estava fechada e deixei as chaves em cima da cama mesmo. Peguei a estrada às 6:34, ainda estava um pouco escuro e a temperatura me obrigou a colocar casaco de couro, chaparreira e lenço no pescoço mas prefiro assim do que a fornalha acesa.

 
 
Estava na base de 70/75 milhas quando ví a placa de velocidade máxima: 80 milhas  !  Temperatura por volta de 15 gráus,  estrada com um asfalto perfeito, transito quase nenhum, a próxima curva lá pelos lados do Canadá, fazer o que ?  Abrir o gas com vontade acrescentando aquelas 5 a 10 milhas que eu botei na minha cabeça que os COPs toleram.   A Helö voava baixo, às vezes uma rajada de vento lateral sacudia a traquitana toda mas a danada da moto tem um excelente caráter, não me deu um susto sequer. Quando  o dia começou a clarear, dei uma parada numa área de escape para tirar umas fotos de mais um dia qcom o qual o Criador me presenteava.
 



 
 
A viagem foi quase toda na base de 75 a 80 milhas e quando dei por mim estava chegando a Salt Lake City, como meu destino era Ogden (umas 50 milhas mais à frente)  resolvi atravessar Salt Lake e na saida parar para abastecer. Quando de repente vejo um “bonde” de Harley Davidsons muito arrumadinho com toda a cara de ser uma excurção dessas que a turma compra o pacote. Passei por eles acenando para os que me cumprimentavam, já os que  estavam com a cara de mauzão atarrachada me ignoravam.
Parei, abasteci a moto e como estava cedo e eu com disposição, fui checar no USA MAPS qual cidade estaria mais a frente de Ogden e ví que era Logan. Apenas um problema, hotéis lotados (os baratos) e vaga apenas nos mais caros. Eis que vejo uma cidadezinha melhor situada do que Logan pois fica praticamente na beira da estrada: Honeyville. Até o nome me encantou sem falar no preço e no nome do hotel: Camelot Inn, Reservei na hora o último quarto e partí para la’. Fica umas 60 a 70 milhas após Salt Lake e é mais uma daquelas cidadezinhas que nos abraçam com  seu visual logo na entrada.

 
 
O Hotel é novo, pequeno mas oferece todas as comodidades e facilidades que um hotel grande não oferece tais como acesso à cozinha, estacionamento na porta do seu quarto, ingresso para a Crystal Hot Springs (que fica a menos de 2 milhas do hotel), uma internet wi-fi que realmente funciona em alta velocidade além do proprietário ser motociclista e falar portugues  fluentemente pois nasceu em Moçambique.

 
 

 
Logo após o check-in fui direto para a Crystal Hot Springs, aluguei um short do PT ( era vermelho e com os bolsos enormes ) uma toalha e fui cumprir o ritual de entrar debaixo de cada uma das 3 cascatas de água saidas diretamente da fonte com temperaturas completamente diferentes. Tinha um japones que não saia debaixo da última onde a água chaga a mais de 100 gráus. Se jogassem um pouco de sal daria para fazer um rolinho primavera do "japa".
 
 
Depois disso aproveitei a moldura criada pela natureza e tentei inserir a Helö a mim e minhas loucuras e tentar montar quadros que retratem momentos que ficarão eternamente marcados em minha mente.


 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Postar um comentário